publicado originalmente em folhetins na revista universal lisbonense entre 1845 em 1846 viagens na minha terra é considerada um Marco para a moderna prosa portuguesa é um livro bastante complexo dada a diversidade de gênero de linguagem embutidos na narrativa é conhecido como romance e Brito pois há relatos de viagens considerações sobre Portugal historicismo e narrativa amorosa.

Enredo
A obra inicia com o narrador contando sobre a sua vontade de partir em uma viagem de Lisboa a Santarém chegando ao destino ele começa a ter ser comentários através de observações de uma janela nesse ponto das início a história de amor entre joaninha e Carlos quando a guerra civil atinge Santarém Carlos que havia ido para Inglaterra após desentender-se com Frei Dennys resolve voltar na cidade e quando ele reencontra primas velhinho e trocam beijos apaixonados. Carlos porém é casado com Georgina Steve atormentado pela dúvida de contar ou não a verdade a sua prima ferido na guerra ele se hospedar próximo à casa de joaninha após se recuperar ele pede para que Dona Francisca revele o segredo que ela esconde ela acaba contando que Frei Dennys é o pai de Carlos e que sua verdadeira mãe já morreu ao saber disso volta a viver com a esposa Georgina porém diz ter ouvido de freio Diniz a história de amor entre Carlos e Joaninha e declara não mais amar o marido Carlos pede perdão mas ela não aceita de volta no final sabemos pelo Frei Denis o destino dos personagens Carlos larga as paixões e inicia uma carreira na política como barão mas depois de um tempo desaparece Joaninha sem seu grande amor e Dona Francisca morrem Georgina vai para o Lisboa Santarém também morre e morre Portugal termina por relatar freio Diniz.

Foco narrativo
a obra narrado em primeira pessoa o narrador é o que conhecemos por narrador protagonista ou seja a história é contada por um dos personagens principais no caso o autor narrador que viaja para Portugal em primeira pessoa desta forma a trama tem um ponto de vista fixo centrado nessa personagem além disso esse narrador-protagonista está quase inteiramente confinado com seus pensamentos sentimentos e percepções individuais

Conexões
O romance pode ser relacionado a memórias póstumas de Brás Cubas por ser uma obra digressiva que não se preocupa em alinhavar toda matéria exposta ao leitor irônica e pessimista. nos dois livros a reduzida a importância da ação dramática fenômeno causado empate pela quantidade expressiva de comentários irônicos do narrador e sua constante interpelação dos leitores.

Tempo
o romance está dividido em duas partes a primeira apresenta impressões de viagens feitas pelo autor narrador ao intercalar citações literárias e históricas ele elabora uma narrativa de viagem muito subjetiva e rica em intertextualidades digressões. a segunda parte da obra do escritor português aborda a interposição no meio da narrativa de viagem de uma história amorosa e trágica que envolve as personagens Joaninha Carlos Georgina Francisca e freio Diniz.

Análise
durante relatos da viagem o autor narrador faz várias digressões filosóficas reflexões sobre fatos históricos e críticas literárias sobre diversos autores tanto clássicos quanto modernos e suas obras. O mais famoso dos comentários é "eu não sou romântico, Deus me livre de ser - ao menos, o que na algaravia de hoje se entende por essa palavra". Galera, embora pertencentes ao movimento romancista de Portugal, deixa Clara uma crítica ao romantismo então vigente. Uma crítica que buscavam modelo numa leitura fácil para agradar o público, com interpretações abusivas e uma vulgarização do que seria o verdadeiro movimento modernista.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

© 2019 Todos os Direitos Reservados
WhatsApp chat