Montanha Mortal, a nova série da streaming mostra os estigmas e as consequências - boas e ruins - da industria da Maconha na Califórnia

A nova produção original da Streamming Netflix aborda um assunto forte e delicado ao mesmo tempo, a produção de maconha na Califórnia. Sabemos que a legalização da maconha envolve dezenas de consequências, e a série não poderia deixar de expô-las. A série começa mostrando os produtores e fazendeiros de maconha no pequeno condado de Humboldt County, que é conhecida por ter um histórico longo com esse tipo de comércio, e claro muitos problemas. Sequestros, assassinados, pessoas desaparecidas, tudo isso envolvendo uma Montanha onde corpos são achados sem identificação, além de um cemitério de carros com chassis apagados. A situação de Humboldt é de um condado que vive as sombras de traficantes.

Nos anos 70 a comunidade hippie da cidade se encontrava em asserção, assim como as plantações de maconha que eles cultivavam. Com o dinheiro provido da venda ilegal de maconha, eles construíram vários centros de ajuda para a comunidade que viviam, assegurando uma qualidade de vida melhor para os moradores. Mas, como esse comércio era ilegal, em um determinado momento policiais invadiram todas as plantações e as destruíram. Com isso, produtores e moradores hippies não tiveram outra saída a não ser sair da cidade.

Vários depoimentos são vistos na série, principalmente de habitantes de Humboldt e produtores pequenos da planta, que depois da legalização pelo estado da Califórnia, tiveram seus negócios arruinados. Taxas exorbitantes, documentações difíceis de conseguir, dinheiro e tempo gastos para legalizar as plantações. Será mesmo que valia a pena legalizar ou viver a margem do tráfico? A série aborda pelo menos três versões: dos que buscam pela legalização e sofrem com os impostos absurdos, com os traficantes que ainda lucram, e as famílias que perderam entes queridos por trabalhar com esse tipo de negócio.

A série é um ótimo debate sobre a legalização. Será mesmo que vale a pena, tanto para o usuário quanto para o produtor? Todas as cartas são postas à mesa. Mesmo com a legalização, o tráfico continua lucrando e fazendo suas vítimas; ao mesmo tempo dá dinheiro aos produtores do condado que precisam sustentar suas famílias e não se veem trabalhando com algo diferente. Como espectador é difícil julgar e chegar a uma conclusão concreta sobre o assunto. Eu fico imaginando se essa legalização acontecesse no Brasil. Na Califórnia, você preparando toda a documentação para legalizar seu negócio, vai desembolsar no mínimo 100 mil dólares, entre taxas e impostos. Você acredita que no Brasil essas taxas seriam menores? Ou seja, somente quem tem dinheiro conseguiria obter a documentação. E voltamos ao tráfico novamente. A legalização só acontece realmente quando há políticas razoáveis para dar oportunidade para todos terem um negócio, e não somente uma parte - a mais rica - da população.

Montanha Mortal é uma ótima pedida para quem quer se aprofundar no assunto e realmente obter um outro lado da moeda e as suas consequências.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

© 2019 Todos os Direitos Reservados
WhatsApp chat